TURISMO: COMPORTA EM DESTAQUE NO THE GUARDIAN

A Comporta está, cada vez mais, nas bocas do mundo.

Desta vez, os elogios à região são feitos pelo jornal britânico The Guardian que, no passado domingo, a destacou num artigo que convida os turistas a aproveitar um local que está, pouco a pouco, a entrar nos radares dos viajantes e onde a vida se desenrola em torno da praia, do Sol e do marisco. A apenas uma hora da capital portuguesa, Lisboa, a Comporta “é o retiro preferido de praia” das celebridades portuguesas, que por ali passam “fins-de-semana em casinhas refinadas de pescadores”, desfrutando de “praias com amplas extensões de areia” e saboreando o que o mar oferece, escreve Joanne O’Connor, cronista do The Guardian.
De acordo com O’Connor, “a falta de alojamento tem mantido a Comporta fora dos radares, mas essa realidade tem vindo a mudar com a chegada, no ano passado, “de um lindo novo hotel” e com os rumores de um ‘resort’ Aman de cinco estrelas no horizonte”.
“[Na Comporta] não há nada para fazer e é esse o objetivo”, afirma a autora do artigo, explicando que, naquela região, “a vida gira em torno da praia” e que “a transição do Sol para os restaurantes de marisco é a atividade física mais intensa possível”.

EUA: SITE DÁ 31 (BOAS) RAZÕES PARA VIVER EM LISBOA

Do clima à gastronomia passando pelo Fado e até pelo facto de os filmes em cartaz nos cinemas serem legendados em vez de dobrados. Um site de notícias norte-americano reuniu 31 razões pelas quais “todos deviam estar a viver em Lisboa”, deixando rasgados elogios à capital portuguesa.
O primeiro “incentivo” a uma mudança para a maior cidade do nosso país é, desde logo, a luz: afinal de contas, destaca Paul Ames, o autor da lista publicada há cerca de um ano no Global Post, “Lisboa tem mais Sol do que Madrid, Roma ou Atenas”, beneficiando, além disso, de um “ar-condicionado natural”: a brisa do Atlântico, que a coloca em vantagem face a outras cidades.
Mas o clima ameno está muito longe de ser a única qualidade de Lisboa: as iguarias gastronómicas são, também, uma tentação. É o caso, por exemplo, do marisco. “Lisboa está cheia de locais fantásticos para comer marisco fresco”, afirma Ames, que considera a Cervejaria Romiro a melhor entre os melhores.
Entre os sabores únicos de Lisboa está, igualmente, o do café, que “é melhor [na capital portuguesa] do que em qualquer outro lugar”, o da célebre ginjinha, “um doce e rico licor de cereja” ou, para os mais gulosos, o dos bolos, em especial o pastel de nata, “o maior presente oferecido pela cidade à pastelaria”.

TURISMO 2014 FOI BOM E 2015 AINDA SERÁ MELHOR

Barómetro do Instituto de Turismo antevê que o gasto médio por turista vai, este ano, ser igual ou superior ao do ano passado. De acordo com o comunicado do IPDT, o novo anuário revela ainda que a China “deverá liderar o crescimento dos mercados internacionais de turismo”, enquanto Espanha, França, Reino Unido e Alemanha deverão ter igualmente “bom desempenho”. O Barómetro do Turismo do IPDT tem como objetivo analisar a opinião de profissionais e responsáveis das organizações ligadas ao sector, sendo composto por 175 personalidades do turismo em Portugal, indica o instituto no seu site.

LISBOA É UMA DAS CIDADES MAIS COOL DA EUROPA

Lisboa é uma das cidades mais cool da Europa e um destino perfeito para desfrutar, nomeadamente, de um fim-de-semana em grande, lê-se na revista britânica Time Out que selecionou o NOS Alive’15 como o festival de eleição na capital portuguesa, identificando um conjunto de 10 razões que justificam a visita. A arquitetura, o fado e os espaços trendy que cada vez mais surgem na capital portuguesa, são igualmente motivo de destaque na revista, assim como o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém, ou locais de eleição para saborear um bom jantar e ouvir música, como o Hostel Independente e a discoteca Lux Frágil. Também os Pastéis de Belém são recomendados pela revista, que garante tratar-se de uma iguaria sem comparação. A Praia do Guincho, o Museu Berardo, o Mercado da Ribeira e A Ginginha são outras das escolhas. Para passear e ver algumas das ruas mais bonitas da cidade a sugestão é um passeio a bordo do elétrico 28…

“TURISMO EM ALTA LEVA PORTUGAL A ABRIR 58 NOVOS HOTÉIS ESTE ANO”

O país prepara-se para receber, ao longo deste ano, 58 novos empreendimentos turísticos, 57 dos quais são novos hotéis e uma Pousada de Portugal. As contas são da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) que contabiliza um crescimento de 5,4% no número de quartos que vão estar disponíveis no mercado. Grupos como Pestana, Vila Galé, Sana, Turim, Júpiter, Porto Bay são algumas das empresas que estão a contribuir para este reforço da oferta, sobretudo em Lisboa.

O ALGARVE VAI ATRAIR MAIS TURISTAS BRITÂNICOS

Com a libra a atingir os 1,40 euros pela primeira vez desde 2007, os turistas britânicos veem o seu poder de compra na zona euro a aumentar. E, segundo o Aol Travel, um dos destinos que poderá receber mais turistas do Reino Unido graças a esta descida é o Algarve. Agora um dia de férias na zona balnear do Algarve tem um custo de 36,04 libras por dia, o equivalente a 50,60 euros. A região portuguesa é assim o segundo destino mais barato do top 10 revelado pelo Aol Travel. Segundo o portal de viagens, quem quiser comprar uma casa de férias tem agora uma oportunidade, já que países como Portugal, França e Itália apresentam boas oportunidades de negócio para os turistas.

LISBOA É UM DESTINO PERFEITO PARA UM CITY BREAK

Da beleza arquitetónica à excelência dos museus, Lisboa revela-se cada vez mais como um destino turístico de eleição para os turistas britânicos, muito acolhedor e pleno de boas energias, destaca o Condé Nast Traveller. No elogioso artigo que dedica a Lisboa, no âmbito de uma seleção de destinos europeus para desfrutar de city breaks, este guia de viagens faz recomendações sobre onde ficar, o que ver, o que comprar e como chegar. Com base nas sugestões, a escolha de alojamento recai sobre o Bairro Alto Hotel, o primeiro boutique hotel da cidade, onde é recomendável uma visita à Fundação Calouste Gulbenkian para apreciar a sua coleção de arte. Como recordação, o turista poderá comprar os tradicionais azulejos portugueses ou dar um salto até à Feira da Ladra onde certamente encontrará algumas pechinchas.

LISBOA TEM UM DOS MELHORES MUSEUS DA EUROPA, DIZ O THE GUARDIAN

O The Guardian selecionou os 10 melhores e mais alternativos museus da Europa. A Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, ocupa o quinto lugar e é o único edifício cultural português a integrar o ranking. A Casa-Museu Medeiros e Almeida acolhe a coleção privada do empresário António Medeiros e Almeida, estando decorada com lustres, espelhos com moldura de ouro e cadeiras semelhantes a tronos.
O jornal salienta, além da arte decorativa das 25 salas do museu, as fontes de parede produzidas em bronze e trazidas do Palácio de Versalhes, bem como o faqueiro de prata que pertenceu ao imperador Napoleão Bonaparte. Outra curiosidade destacada pelo The Guardian é a existência de salas temáticas, como a sala de tapeçarias, a sala de prata, a sala de porcelana, a sala de sofás e sala dos relógios.

SABIA QUE PORTUGAL TEM DOS MELHORES SPAS NO MUNDO?

Portugal é um dos destinos com melhores hotéis de spa do mundo, ocupando o 12.º lugar de um ranking que inclui mais de 70 países, no qual ultrapassa, nomeadamente, os Estados Unidos da América, Canadá, Reino Unido, Dinamarca e Noruega. Os hotéis de spa portugueses, eleitos neste ranking pelo motor de busca de hotéis trivago, obtiveram uma avaliação média de 82,85 numa escala de 0 a 100. Considerando apenas destinos europeus, Portugal está ainda melhor classificado (6.º lugar), sendo apenas ultrapassado pela Áustria, Suíça, República da Irlanda, Itália e Alemanha.

JORNAL ASIÁTICO RENDIDO A LISBOA E À SUA HISTÓRIA

O jornal paquistânes The Tribune rende-se à cidade de Lisboa num artigo onde percorre as principais atrações da capital portuguesa, destacando o seu passado de Descobrimentos que se imprime na atualidade. Amma Yamin, a autora do artigo “The Lure of Lisbon” (A sedução de Lisboa”, em português), admite que Portugal não é um destino popular no seu país. “Porquê Portugal? Não sabia que gostavas tanto do Cristiano Ronaldo!”, brincaram os seus amigos quando souberam que a cronista do The Tribune queria visitar o nosso país. Amna Yamin considera que foi “influenciada pela leitura do livro ‘Comboio Nocturno para Lisboa’, de Pascal Mercier, e pela imagem de um navio num postal que um amigo português lhe enviou acompanha de uma mensagem” onde dizia a Yamin “para sonhar, explorar e descobrir”.  Lisboa foi o primeiro destino português que a viajante escolheu, uma cidade que, garante “não ter nada a ver com as outras cidades europeias”. “As pessoas aqui são calorosas e amistosas e a cidade, apesar da sua intensa vida noturna, consegue manter o ar acolhedor de uma vila antiga”, lê-se no artigo que já foi partilhado mais de 2.200 vezes.

Contactos:

Não hesite em contactar-nos para tirar dúvidas ou pedir uma simulação de valores!