7 Junho, 2014 finks79

OS 10 NIGHTSPOTS DE LISBOA VISTOS DOS EUA

Os espaços de diversão noturna em Lisboa proporcionam uma oferta eclética e uma ampla diversidade de géneros musicais, escreve Paul Bernhardt num artigo publicado no jornal USA Today no qual elege os “10+” capital portuguesa. Sobre o Lux, que encabeça este Top 10, o articulista, além de recordar que o espaço, em Santa Apolónia, pertence aos mesmos donos do restaurante Bica do Sapato, diz que o mesmo é frequentado por diversas personalidades e que ali têm lugar muitas festas. Por isso, na dúvida, convém confirmar a disponibilidade.

O Station, no Cais do Sodré/Santos, é, por sua vez, apresentado como um espaço cosy e íntimo, enquanto o Main, na Avenida 24 de julho, é referenciado como um dos maiores nightspots de Lisboa. No Ministerium, na Baixa/Chiado, o destaque vai para a mezzanine é tão agradável quanto confortável.

A lista prossegue com o Incógnito, no Bairro Alto/Príncipe Real, que o articulista, traçando um paralelismo com o nome, diz que é necessário tocar à porta para entrar, o B. Leza, na Avenida 24 de julho, com destaque para a música africana e brasileira que ali é tocada ao vivo e o Belém Bar Café, em Belém, com vista para o Rio Tejo.

O ranking encerra com o Urban Beach, na Avenida 24 de julho, Docas/Alcântara, ao qual estão associadas noites temáticas, o Bar Europa, igualmente na Avenida 24 de julho, onde não é exigido traje especial, e o Ritz Club, na Avenida da Liberdade/Marquês de Pombal, icónico e com uma atmosfera boémia.

Contacts

Please contact us through: